Radar Semanal 03/09/21

Foto: Phooey1990/Flickr.

A estratégia chinesa para o Oceano Índico; Rússia, China, Irã e Turquia avaliam como lidar com o Talibã no Afeganistão; e uma visão geral dos programas de mísseis balísticos de Israel e da Arábia Saudita.

Houthis e coalizão liderada pelos sauditas parecem próximos de acordo de paz

Mohamed Abdulsalam, porta-voz do movimento Houthi, em Sanaa, Iêmen, em imagem de 2016 (Foto: Khaled Abdullah/Reuters).

Um acordo seria um avanço nos esforços liderados pela ONU para acabar com a guerra, daria ao governo Biden uma vitória na política externa e aliviaria as tensões entre os sauditas e o Irã.

General alerta que China e Rússia podem ocupar o espaço no Oriente Médio se os EUA reduzirem sua presença

General Frank McKenzie, dos US Marines, principal comandante dos EUA para o Oriente Médio (Foto: AP).

Líderes da região temem que a mudança do eixo dos EUA em relação à Ásia signifique que ficarão sem tropas, navios, aeronaves e outras ajudas militares; a Rússia e a China irão se manter atentos para explorar qualquer oportunidade.

Teerã saúda iniciativa saudita de paz com o Irã

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores iraniano, Saeed Khatibzadeh (Foto: Anadolu).

O Ministério das Relações Exteriores do Irã disse que os dois países podem entrar em um novo capítulo de cooperação para alcançar a paz regional.

Líder paquistanês saúda “iniciativa saudita de paz com o Irã”

O Primeiro-ministro do Paquistão, Imran Khan (Foto: Anadolu).

Delegações sauditas e iranianas se reuniram em Bagdá em 9 de abril; Imran Khan, primeiro-ministro do Paquistão, diz que a paz entre Riad e Teerã fortalecerá a comunidade muçulmana global.

Governo Biden prossegue com vendas de armas de US$ 23 bilhões para os Emirados Árabes Unidos

Uma aeronave Lockheed Martin F-35 é vista no ILA Air Show em Berlim, Alemanha, 25 de abril de 2018 (Foto: Axel Schmidt/Reuters).

Porta-voz do Departamento de Estado disse na terça-feira que as datas estimadas de entrega nas vendas aos Emirados Árabes Unidos, se implementadas, eram para depois de 2025 ou mais tarde.

Radar Semanal 09/04/2021

O HMS Queen Elizabeth operando no Atlântico (Foto: John Philip Wagner/US Navy).

Análise de uma crescente crise nas relações civis-militares nos EUA que o autor considera que podem colocar em risco a segurança nacional americana; Peter Thiel, bilionário investidor americano, diz que o bitcoin pode ser uma arma financeira da China e sugere banir o TikTok dos EUA; a nova estratégia da Grã-Bretanha sob uma perspectiva naval; e uma análise da visita de Sergey Lavrov, MRE da Rússia, ao Oriente Médio no mês passado.

Radar Semanal 26/03/2021

Foto: Prefectura Naval Argentina.

Nesta edição do Radar, uma análise do SCMP sobre a união de China e Rússia frente às sanções americanas; artigo da Foreign Affairs avalia que a atual competição entre China e EUA, embora perigosa, não configura uma nova Guerra Fria; no Defense News, os exercícios militares greco-sauditas e possíveis impactos nas relações com os turcos; na Time, as estimativas dos impactos globais do bloqueio no Canal de Suez; e uma análise da expansão da influência chinesa na América do Sul, especialmente na Argentina, e a fraca reação dos EUA.

Arábia Saudita derruba oito drones Houthi

Foto: Anadolu Agency.

Ministério da Defesa saudita disse que o ataque não visa apenas o reino, mas também o centro nevrálgico da economia global e a segurança e estabilidade das exportações de petróleo.

Líder iraniano: sauditas presos pelos EUA no Pântano da Guerra do Iêmen

O Aiatolá Ali Khamenei sublinhou o fracasso de Riad e Washington em forçar os iemenitas a se renderem, dizendo que os EUA prenderam os sauditas no pântano da guerra do Iêmen.