Radar Semanal 01/10/21

Submarino de mísseis balísticos (SSBN) Vladimir Monomakh, da classe Borei (Foto: Marinha Russa).

Hoje no Radar: artigo mostra que o Facebook age como uma potência hostil; Visando a Rússia, a US Navy cria um grupo-tarefa para guerra antissubmarina no Atlântico; A China critica o AUKUS e quer aderir ao CPTPP; Iniciativa dos EUA será capaz de fazer frente à China na América Latina?

Radar Semanal 20/08/21

Joe Biden sai sem responder perguntas depois de discursar sobre a crise no Afeganistão na Casa Branca em 16 de agosto de 2021 em Washington (Foto: Anna Moneymaker/Getty Images).

Neste Radar: Apesar das lições da Guerra do Vietnã, os EUA repetiram o erro no Afeganistão; Artigo analisa algumas inverdades no discurso de Biden sobre o caos no Afeganistão; As dificuldades da Rússia em aumentar sua influência na América Latina; e a descoberta de uma terceira base de ICBM preocupa estrategistas dos EUA.

Radar Semanal 23/07/2021

Foto: Geopolitical Monitor.

A edição desta semana do Radar traz uma análise da situação de Cuba, com quatro possíveis desfechos; um sumário das ações da Rússia em suas zonas de influência; uma avaliação da política americana para o Sul do Cáucaso; e a notícia de que a China quer maior aproximação de seus militares com o público.

Aldo Rebelo: entrevista no Canal Arte da Guerra

Na semana passada o ex-ministro da Defesa e do Esporte Aldo Rebelo esteve no Canal Arte da Guerra no YouTube onde concedeu uma interessante entrevista, durante a qual respondeu perguntas sobre seu tema favorito: o Brasil. Neste artigo, um sumário dos principais tópicos abordados na conversa.

A Crise Venezuelana e a Confrontação Geopolítica

A Crise Venezuelana numa abordagem da confrontação geopolítica, pelo Cel. Paulo Filho.

Operação Pico: MiG-21 Cubanos sobre a República Dominicana

MiG-21 Cubanos sobre a República Dominicana: Conheça a Operação Pico, no auge da Guerra Fria, por Valter Andrade.

Venezuela

Muito se tem especulado sobre a situação da Venezuela. Maduro, cujo governo é cada vez mais instável, vem denunciando conspirações para remove-lo do poder por parte dos EUA, Colômbia e Brasil. Rumores alarmistas invadem a Internet. Mas temos realmente algo a temer?