Planta da Saab no Brasil apresenta novas capacidades e anuncia diretor-geral

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Gripen (Divulgação).

Gripen (Divulgação).

A planta da Saab no Brasil, localizada em São Bernardo do Campo (SP), apresenta as novas instalações do laboratório de manutenção de radares e de guerra eletrônica do Gripen e anuncia Fabricio Saito como novo diretor-geral. No local, a empresa também produz seis aeroestruturas do caça.

O laboratório tem 600 m² e está em conformidade com os requisitos técnicos necessários para esta operação.

É um grande prazer estar à frente de uma planta que tem um papel tão relevante na produção e manutenção do Gripen no Brasil. A instalação conta com profissionais altamente qualificados, que é o resultado da maior transferência de tecnologia em curso em nosso país. O novo laboratório vai garantir a capacidade de suporte do Gripen em todo o seu ciclo de vida no Brasil pelos próximos 30 ou 40 anos”, disse Fabricio Saito, o novo diretor-geral da planta da Saab em São Bernardo do Campo.

Fabricio Saito tem uma carreira de 30 anos como engenheiro e diretor técnico de manutenção na FAB e está na Saab há quatro anos. Formado em Engenharia Aeronáutica pelo ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica) e com mestrado em Gerenciamento Logístico pelo Air Force Institute of Technology (AFIT), dos Estados Unidos, possui MBA em Gestão Estratégica de Negócios, ele é a pessoa certa para assumir a responsabilidade de novo diretor-geral em São Bernardo do Campo.


Fabrício Saito (Divulgação).

O laboratório entrará em operação em 2022 e a próxima etapa será a montagem da bancada de testes, utilizada para gerar e medir sinais eletrônicos. A equipe responsável pela manutenção dos radares é formada por técnicos e engenheiros brasileiros já inscritos em programas de treinamento na Suécia.

Essa é uma importante capacidade a ser instalada no Brasil, e está alinhada à estratégia global da Saab de desenvolver negócios localmente. Temos certeza de que Saito fará um excelente trabalho à frente da unidade da Saab em São Bernardo do Campo. Ele tem demonstrado dedicação incomparável e excelente capacidade técnica e de gestão”, afirmou Niclas Kolmodin, head da unidade de negócios de Suporte do Gripen na área de negócios Aeronautics da Saab na Suécia.

Em paralelo, a produção das aeroestruturas continua. Atualmente, a fábrica em São Bernardo do Campo está com as cincos aeroestruturas do Gripen E (cone de cauda, caixão das asas, freios aerodinâmicos, fuselagem dianteira e traseira) em diferentes estágios de produção e entrega.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

V-UnitCanal do Velho GeneralAmazonPublicidade
Fórum Brasileiro de Ciências PoliciaisPrograma Café com Defesa

Veja também