Membro do Parlamento Europeu diz que papel de Navalny como político da oposição é superestimado no ocidente

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Alexei Navalny (Foto: Evgeny Feldman/Novaya Gazeta/CC BY-SA 3.0).

Alexei Navalny (Foto: Evgeny Feldman/Novaya Gazeta/CC BY-SA 3.0).

Os políticos ocidentais tendem a superestimar o papel do russo Alexey Navalny como líder da oposição, disse Thierry Mariani, um membro francês do Parlamento Europeu, no domingo.

“O papel de Navalny como político da oposição é superestimado. Ele foi condenado na Rússia por crimes econômicos”, disse ele em entrevista à estação de rádio Europe 1. “Mal consigo entender esta campanha contra a Rússia. Não é um inimigo para nós.”


LIVRO RECOMENDADO:

Todos os homens do Kremlin: Os bastidores do poder na Rússia de Vladimir Putin

  • Mikhail Zygar (Autor)
  • Em português
  • Kindle ou Capa comum

Navalny, que por duas vezes recebeu penas com sursis por peculato, era procurado na Rússia por repetidas violações das condições de sua condenação no caso Yves Rocher. Em 17 de janeiro de 2021, ele foi detido no aeroporto de Sheremetyevo, em Moscou, ao chegar de Berlim, onde havia sido submetido a tratamento médico. Em 2 de fevereiro, o Tribunal Simonovsky de Moscou substituiu a pena com sursis de três anos e meio de Navalny por pena real de prisão devido a múltiplas violações de liberdade condicional. Navalny está cumprindo sua pena na colônia penal número 2 na região de Vladimir.

Fonte: Tass.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curso sobre a RússiaCurso de InteligênciaCurso sobre a ChinaPublicidade
Fórum Brasileiro de Ciências PoliciaisLoja Café com Defesa

Veja também