Segundo IGC, tropas russas na fronteira da Ucrânia são insuficientes para ofensiva em grande escala

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Foto: Ukrinform.

Foto: Ukrinform.

O número de soldados russos atualmente concentrados perto das fronteiras da Ucrânia não é suficiente para uma ofensiva em grande escala, disseram analistas do International Crisis Group (ICG) através de um comunicado.

Segundo eles, parece haver pouca probabilidade de um ressurgimento iminente da luta sangrenta que abalou Donbass em 2014 e 2015. “O número de tropas e as posturas, embora preocupantes, não se enquadram no modelo para uma invasão”, diz o comunicado.

O ICG acredita que os recentes movimentos de tropas e a retórica da Rússia sugerem que ela pode estar ficando frustrada e talvez esteja tentando pressionar a Ucrânia a fazer concessões.

“Moscou pode esperar que uma combinação de aumento de força e retórica russa sobre ‘proteger os cidadãos’ faça Kiev pensar duas vezes antes de responder se as forças apoiadas pela Rússia, liberadas pelo cessar-fogo que se dissolve, buscar vantagens táticas”, diz o comunicado.

O ministro da Defesa ucraniano, Andrii Taran, disse em 10 de abril que os objetivos reais da expansão militar da Rússia perto das fronteiras da Ucrânia poderiam ser aumentar a pressão sobre a Ucrânia para que ela faça concessões no processo de negociação e demonstre disposição para usar a força.

O presidente Volodymyr Zelensky observou que a Ucrânia está pronta para uma invasão russa, que pode acontecer a qualquer momento.

Anteriormente, o comandante-chefe das Forças Armadas da Ucrânia, Ruslan Khomchak, disse em seu discurso no parlamento ucraniano que a Rússia havia implantado 28 grupos táticos de batalhão ao longo de sua fronteira com a Ucrânia, bem como nos territórios ocupados da Ucrânia e da Crimeia que representam uma ameaça potencial para a segurança nacional da Ucrânia.

Fonte: Ukrinform.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curso sobre a RússiaCurso de InteligênciaCurso sobre a ChinaPublicidade
Fórum Brasileiro de Ciências PoliciaisLoja Café com Defesa

Veja também