Rússia diz que EUA violam direitos humanos no tratamento de imigrantes

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova (Foto: Ministério das Relações Exteriores da Rússia/Tass).

Porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova (Foto: Ministério das Relações Exteriores da Rússia/Tass).

O tratamento dado pelos EUA a imigrantes em centros de detenção temporária na fronteira com o México é uma violação flagrante das obrigações internacionais de direitos humanos, disse a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, durante o briefing de quinta-feira.

“As ações de Washington no que diz respeito ao tratamento de imigrantes em centros de detenção temporária, principalmente de menores, podem ser qualificadas como uma violação flagrante das obrigações internacionais de direitos humanos”, disse ela.

Zakharova acrescentou que a crise migratória na fronteira dos Estados Unidos com o México está atingindo proporções de um desastre humanitário. “As condições de detenção de imigrantes ilegais podem, de muitas maneiras, ser consideradas tortura e tratamento desumano”, disse a diplomata, destacando que a situação requer a interferência de mecanismos internacionais, como o Comitê de Direitos Humanos da ONU e o Comitê contra a Tortura.

Anteriormente, o membro republicano da Câmara dos Representantes dos EUA, Andy Biggs, disse em um artigo escrito para o jornal The Hill que o presidente dos EUA, Joe Biden, não reconhece a investida de imigrantes na fronteira com o México como uma crise.

Fonte: Agência Tass.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Curso sobre a RússiaCurso de InteligênciaCurso sobre a ChinaPublicidade
Fórum Brasileiro de Ciências PoliciaisLoja Café com Defesa

Veja também