Empresas de defesa retomam discretamente doações políticas após pausa pós-insurreição

Membros da Guarda Nacional chegam ao Capitólio dos EUA em 12 de janeiro de 2021, em Washington (Foto: Tasos Katopodis/Getty Images).

Josh Hawley, senador republicano, afirmou que não aceitará contribuições corporativas; segundo ele, as grandes corporações têm muita influência sobre o Partido Republicano, e cada vez mais o que elas querem, em termos políticos, não é bom para os EUA.