Hong Kong proíbe evento anual pelo massacre na Praça da Paz Celestial

Mulher segura uma vela durante a cerimônia pelas vítimas da Praça da Paz Celestial durante uma vigília em Hong Kong em 4 de junho de 2016 (Foto: Albert Bonsfills/Anadolu).

Autoridades locais apoiadas pela China proibiram o evento em homenagem às vítimas do massacre de Pequim em 1989 pela segunda vez devido à pandemia covid-19.

Vídeo 629 CANAL ARTE DA GUERRA – Massacre na Praça da Paz Celestial: 30 Anos

Passadas três décadas, ainda é desconhecido o número de pessoas mortas pelo Exército Chinês.

A Praça da Paz Celestial: 30 anos depois

No dia 4 de junho de 1989 a Praça da Paz Celestial, em Pequim, foi palco de uma das repressões mais brutais da história recente.