Radar Semanal 18/06/21

Imagem: Australian Institute of International Affairs.

O Radar desta semana traz um estudo de qual deve ser a próxima Estratégia de Defesa Nacional dos EUA; uma análise da possibilidade de a China invadir a Ilha Pratas, controlada por Taiwan; Uma avaliação da situação militar da França no Sahel, com a Operação Barkhane; e um analista comenta os atritos entre a China e os países da comunidade de inteligência denominada Five Eyes.

Novo destroier da marinha chinesa navega no Mar do Sul da China

O Nanning, destroier Tipo 052D, fotografado junto ao navio de abastecimento Chaganhu, do Comando do Teatro do Sul, durante exercícios (Foto: PLAN/Weibo).

Com radares avançados, eletrônicos comparáveis ​​ao sistema AEGIS e lançadores de mísseis verticais de 64 células, os navios do Tipo 052D correspondem à classe Arleigh Burke da US Navy.

Mídia chinesa relata simulação de desembarque anfíbio depois que senadores americanos visitam Taiwan

Blindados anfíbios chineses foram levados por navios a uma área-alvo próxima a Taiwan e dirigiram-se para a praia (Foto: CCTV).

Durante o exercício, o 72º Grupo de Exército transportou veículos anfíbios em navios e realizou desembarques em área próxima a Taiwan; desde setembro passado, o Comando do Teatro Oriental incluiu a guerra naval como unidade de treinamento obrigatória.

A nova propaganda das forças armadas chinesas acertou com a Geração Z?

Wu Jing, ator do filme "Wolf Warrior", aparece em um vídeo de recrutamento do PLA (Foto: PLA).

Com as forças armadas cheias de gente nascida depois de 1995, a propaganda é projetada para falar a língua deles; armamento avançado de alta tecnologia também exige recrutas mais instruídos.

Militares chineses enfrentam desafio com queda na taxa de fertilidade

O PLA tem buscado cada vez mais recrutas com mais educação, mas teve que ampliar a rede para recrutar os números de que precisava (Foto: Barcroft Media via Getty Images).

O Exército de Libertação Popular expandiu suas fontes de tropas, incluindo redução de requisitos de educação, altura e visão; novo censo mostrou que a taxa de fertilidade de 2020 foi de 1,3 filhos por mulher, abaixo do nível necessário para uma população estável.

China rejeitou telefonemas de Lloyd Austin “depois que o secretário de defesa dos EUA solicitou a pessoa errada”

O secretário de Defesa Lloyd Austin, à esquerda (Foto: AP).

Especialistas em relações internacionais disseram que os canais de comunicação entre os governos dos dois países e os militares foram quase suspensos depois das acaloradas discussões entre seus principais diplomatas no Alasca, em março.

China e EUA discutem sobre atividade naval no Mar do Sul da China

Marinheiros dos EUA se preparam para operações de voo na cabine de comando do porta-aviões Theodore Roosevelt em 6 de abril de 2021, no Mar do Sul da China (Foto: Alexander B. Williams/US Navy).

A intensificação das operações militares dos EUA na região, com respostas cada vez mais incisivas da China, vêm levantado cada vez mais preocupações sobre um possível choque ou confronto, seja intencional ou não.

China ataca “provocação” da US Navy depois que navio de guerra transita pelo Estreito de Taiwan

A Marinha dos EUA disse que o destroier USS Curtis Wilbur conduziu um “trânsito de rotina no Estreito de Taiwan” (Foto: AFP).

O PLA diz que a passagem do destroier pelo Estreito de Taiwan na terça-feira colocou em risco a paz e a estabilidade na região; analistas dizem que ambos os lados reconhecem que o estreito pode se tornar “um lugar perigoso” se as tensões continuarem aumentando.

Marinha da China realiza exercícios com fogo real em três Comandos de Teatro

A CCTV informou sobre exercícios militares dos Comandos de Teatro Leste, Norte e Sul do PLA em 17 de maio de 2021 (Foto: CCTV).

Destroieres e corvetas estão entre os navios participantes de treinamento com fogo real e defesa antimísseis envolvendo os Comandos de Teatro Leste, Norte e Sul.

China e Indonésia realizam exercícios navais conjuntos perto de Jacarta

Os exercícios navais conjuntos ocorreram em águas ao largo de Jacarta (Foto: SCMP).

Exercícios ocorrem depois que a China enviou navios para ajudar no resgate do submarino indonésio naufragado e ajudarão a melhorar a coordenação, a comunicação e aumentar a confiança mútua e a cooperação, de acordo com comandante do PLA.