Guerra Aérea no Vietnã (Parte 1)

A Guerra do Vietnã foi laboratório de novas tecnologias e, embora mais conhecida pelo intenso emprego de helicópteros, foi também palco de duelos aéreos que marcaram uma importante etapa na história da aviação de combate. Nesta primeira parte de uma série de três artigos sobre a guerra aérea no Vietnã, o coronel Claudio Calaza, da Academia da Força Aérea, mostra as doutrinas e tecnologias aéreas e as principais aeronaves usadas pelos Estados Unidos. Continuar lendo Guerra Aérea no Vietnã (Parte 1)

Malvinas: “Tínhamos 20% de chances de sobreviver”

Há 38 anos, durante a Guerra das Malvinas, um piloto argentino de A-4B Skyhawk perdeu o nariz da aeronave realizando um ataque ao solo e bombardeou a fragata HMS Argonaut voando tão baixo que a acertou de raspão, ganhando o apelido de “El Kamikaze”. Conheça o relato de Alberto Filippini, piloto veterano do conflito do Atlântico Sul. Continuar lendo Malvinas: “Tínhamos 20% de chances de sobreviver”

Veneno & Antídoto: o míssil Avangard e o programa Glide Breaker

EUA, China e Rússia vem trabalhando em sistemas de mísseis hipersônicos, tidos por muitos como praticamente invencíveis. Recentemente, a Rússia anunciou a entrada em operação de seu planador hipersônico Avangard; quase ao mesmo tempo, os EUA anunciaram um contrato com a Northrop Grumman para o desenvolvimento de tecnologia para o programa Glide Breaker, que visa contrapor mísseis hipersônicos. Será uma nova corrida armamentista? Continuar lendo Veneno & Antídoto: o míssil Avangard e o programa Glide Breaker