Ataque ao Colonial Pipeline: um aviso para as Forças Armadas dos EUA

Instalações da Colonial Pipeline (Foto: CryptoID).

Além de implicar no maior aumento de combustíveis em seis anos, o ciberataque ao Colonial Pipeline mostrou que, se o Pentágono não priorizar investimentos em resiliência energética, poderá ter problemas muito piores do que preços mais altos na bomba.

Radar Semanal 02/07/21

Meninas ensaiam na Praça Tiananmen, Pequim, antes do desfile comemorativo do 100º aniversário da fundação do Partido Comunista Chinês (Foto: Foreign Policy).

Nesta edição do Radar, trazemos uma matéria sobre a realização de jogos de guerra conjuntos entre os EUA e o Japão, em preparação para um possível confronto com a China por Taiwan; um artigo explana como a OTAN vem evoluindo sua concepção sobre ataques cibernéticos; uma avaliação da relação entre a União Europeia e a Turquia; e uma análise mostra que o partido chinês mantém uma consistência nacionalista ao longo de seus 100 anos de existência.

OTAN quer reforçar suas defesas cibernéticas

Foto: Emmanuel Dunand/AFP via Getty Images.

Devem ser atualizados firewalls, ferramentas de teste de penetração e outros recursos de defesa cibernética; programa é parte de uma série de esforços de atualização de tecnologia de segurança cibernética e está estimado em cerca de 27 milhões de euros.

Ataque cibernético a gasoduto segue-se a anos de advertências

Imagem: Breaking Defense.

Autoridades americanas vêm alertando sobre essa ameaça há anos. Ainda no início deste mês, a NSA emitiu um comunicado convocando os proprietários de infraestrutura crítica a revisar sua segurança, destacando a ameaça de redes conectadas e conexões Internet.

Radar Semanal 23/04/2021

Imagem: Pixabay.

Nesta edição do Radar, o general Kenneth McKenzie diz que não há planos para a retirada dos efetivos americanos do Iraque; como a guerra cibernética pode aumentar os riscos de uma guerra nuclear entre EUA e China; com a inteligência artificial, em guerras futuras pode não haver tempo para decisões legais; e imagens aéreas mostram as tropas da Rússia na fronteira com a Ucrânia.

Militares dos EUA devem combinar guerra eletrônica com capacidades cibernéticas

Com ameaças mais sofisticadas, os militares querem fundir a linha entre guerra eletrônica e operações cibernéticas (Foto: Erik Hildebrandt/US Navy).

Com ameaças mais sofisticadas, os militares querem fundir a linha entre guerra eletrônica e operações cibernéticas.

A mudança da natureza da guerra

Documento publicado pelo exército americano traça considerações considerando as alterações tecnológicas e sociais que deverão alterar de maneira contundente o equilíbrio entre as grandes potências e a natureza da guerra num futuro próximo.

Guerra Cibernética – Visão Geral

Guerra Cibernética envolve as ações de estado no sentido de atacar e danificar redes e sistemas de informação e controle de outra nação, além das ações para defender-se de ataques dessa natureza.