China e Vietnã concordam em estabelecer linha direta para “lidar com emergências” no Mar do Sul da China

As tensões sobre o Mar do Sul da China, rico em recursos, há muito pesam sobre as relações entre a China e o Vietnã (Foto: Reuters).

Os chefes da marinha chinesa e vietnamita também prometem melhorar o compartilhamento de informações e aumentar a cooperação; linha direta é vista como forma de auxiliar no controle das tensões sobre suas disputas territoriais na região.

Vietnã, o fiel da balança no Mar do Sul da China?

Navio de patrulha da Guarda Costeira do Vietnã (Foto: Alisé Kim/Wikimedia Commons/CC BY 2.0).

O Vietnã vive em meio à constantes tensões com a China em disputas por recursos e soberania no Mar da China Meridional. Apesar disso, o país não é aliado dos Estados Unidos, e parece estar firmemente determinado a manter sua política de não alinhamento a uma grande potência em oposição a outra.

A questão fronteiriça entre Venezuela e Guiana

A disputa entre a Venezuela e a Guiana pelo território do Essequibo é anterior inclusive à independência desses países. O acordo de 1905, que concedeu 94% da região à Guiana, nunca satisfez realmente a Venezuela. Em 2015, a descoberta de grandes reservas de petróleo na área reacendeu a disputa. Aguarda-se uma decisão da Corte Internacional de Justiça (CIJ), que em breve deverá deliberar sobre o assunto.

A disputa de EUA e China pela hegemonia global

No início dos anos 1970, sob a liderança do secretário de estado Henry Kissinger e do presidente Richard Nixon, os EUA se aproximaram da China, visando afastar o país asiático da influência da União Soviética. Desde então o Dragão vem crescendo econômica e militarmente, expandindo sua influência e agora ameaça a hegemonia dos EUA.