O que esperar da política internacional em 2021?

Se o ano de 2020 não foi fácil, os primeiros sinais de 2021 parecem mostrar que não haverá muito alívio. Em geopolítica, previsões são sempre impossíveis – e arriscadas –, mas é possível antecipar alguns assuntos que deverão manter 2021 em efervescência – e um ano de muito trabalho para os analistas de geopolítica. Definitivamente, não haverá tédio.

Internacionalização da Amazônia

O discurso internacional sobre a Amazônia vem ganhando corpo nos últimos anos. Cabe ao Brasil estar atento e tomar medidas, de um lado para rebater as narrativas falaciosas e de outro para estar pronto a preservar nossa soberania sobre a região, sem deixar de lado as necessárias medidas de efetivo combate aos incêndios e aos crimes ambientais.

Live ADG: Apresentação prof. Ricardo Felício

O Professor Ricardo Felício participou do programa Café com Defesa no último sábado, quando debateu a respeito de mudanças climáticas, ameaças à Amazônia e as estratégias e ameaças globalistas em relação ao clima. Faça download da apresentação.

A Amazônia, mudanças climáticas e crimes contra a humanidade

Há movimentos para equiparar crimes ambientais a crimes contra a humanidade. Se o aquecimento global é ou não uma realidade, o ponto é que a comunidade internacional o percebe como real, e agirá de acordo com esse entendimento.