Categoria: EUA

Morte de Suleimani: como foi o ataque?

Como foi realizada a operação de ataque que matou Qassem Suleimani? O Pentágono não divulgou informações sobre o planejamento ou execução, mas analistas parecem chegar a um consenso.

A liderança do General Jim Mattis

O Coronel Paulo Filho traz uma resenha do novo livro do General Jim Mattis (em parceria com Bing West). No livro, Mattis utiliza a sua larga e bem sucedida experiência militar como fuzileiro naval para dissecar princípios de liderança, que podem ser empregados também na vida civil. O Cel Paulo Filho, ele próprio especialista em liderança, ressalta os principais conceitos apresentados no livro.

“De Oppresso Liber”: a Primeira Missão no Afeganistão

A ponta de lança da resposta dos EUA aos ataques de setembro de 2001 foi a mais famosa unidade das Forças Especiais do Exército dos Estados Unidos: os Boinas Verdes. Apoiando a Aliança do Norte do Afeganistão, eles derrotaram o Talibã numa campanha que culminou com a tomada da cidade de Mazar-i Sharif.

Estratégia Naval Soviética: Conceitos e Forças para o Teatro de Guerra contra a OTAN

Este Relatório de Inteligência da CIA, de janeiro de 1975, faz uma análise da doutrina, forças e possíveis ações das marinhas soviética e dos países do Pacto de Varsóvia num eventual cenário de guerra contra as forças da OTAN. Parece ter sido produzido com base em documentos confidenciais do Pacto de Varsóvia obtidos pela inteligência americana. Foi liberado em junho de 2017 através da FOIA (Freedom of Information Act, a lei de liberdade de informação dos EUA).

Notas históricas sobre o uso do Poder Aéreo como Arma de Interdição – Parte III, Coréia do Norte

Esta é a terceira e última parte do Relatório de Inteligência da CIA de 1966 que subsidiava decisões de ações de interdição aérea para a Guerra do Vietnã pela avaliação das guerras aéreas contra a Alemanha e Japão da Segunda Guerra Mundial e contra a Coréia do Norte na Guerra da Coréia na década de 1950. Na primeira parte da análise, publicamos o estudo da Alemanha; na segunda parte, a análise do Japão; e nesta conclusão publicamos a avaliação da Coréia do Norte.

Notas históricas sobre o uso do Poder Aéreo como Arma de Interdição (Parte II, Guerra Aérea Contra o Japão)

Esta é a segunda parte do Relatório de Inteligência da CIA que subsidiava decisões de ações de interdição aérea para a Guerra do Vietnã pela análise dos resultados da guerra aérea contra a Alemanha e o Japão na Segunda Guerra Mundial e contra a Coréia do Norte na Guerra da Coréia, na década de 1950. Neste artigo, publicamos a porção referente à Guerra Aérea contra o Japão.