Autor: Albert Caballé Marimón

Guerra das Malvinas: a Operação Algeciras

Em 1982, depois de invadir as Malvinas e constatar que os britânicos montaram uma grande força-tarefa para retomar as ilhas, a Armada Argentina idealizou um plano que pretendia contrapor a tradição naval britânica com engenhosidade. Assim foi concebida a Operação Algeciras.

Notas históricas sobre o uso do Poder Aéreo como Arma de Interdição – Parte III, Coréia do Norte

Esta é a terceira e última parte do Relatório de Inteligência da CIA de 1966 que subsidiava decisões de ações de interdição aérea para a Guerra do Vietnã pela avaliação das guerras aéreas contra a Alemanha e Japão da Segunda Guerra Mundial e contra a Coréia do Norte na Guerra da Coréia na década de 1950. Na primeira parte da análise, publicamos o estudo da Alemanha; na segunda parte, a análise do Japão; e nesta conclusão publicamos a avaliação da Coréia do Norte.

Notas históricas sobre o uso do Poder Aéreo como Arma de Interdição (Parte II, Guerra Aérea Contra o Japão)

Esta é a segunda parte do Relatório de Inteligência da CIA que subsidiava decisões de ações de interdição aérea para a Guerra do Vietnã pela análise dos resultados da guerra aérea contra a Alemanha e o Japão na Segunda Guerra Mundial e contra a Coréia do Norte na Guerra da Coréia, na década de 1950. Neste artigo, publicamos a porção referente à Guerra Aérea contra o Japão.

Notas históricas sobre o uso do Poder Aéreo como Arma de Interdição (Parte I, Guerra Aérea Contra a Alemanha)

Este relatório avalia ações para a Guerra do Vietnã, analisando as guerras contra a Alemanha e o Japão na 2a Guerra Mundial e contra a Coréia do Norte na Guerra da Coréia. Esta é a 1a. parte, a Guerra Aérea contra a Alemanha.

Documentos da Guerra Fria: opções militares soviéticas para neutralizar o poder aéreo Sul-Africano em Angola

Memorando de Inteligência da CIA analisa as opções e as capacidades de Angola, com apoio soviético, de neutralizar o poderio da força aérea da África do Sul, numa das chamadas “guerras por procuração” do período da Guerra Fria.

Documentos da Guerra Fria: Reação Mundial à Invasão Soviética do Afeganistão

A série Documentos da Guerra Fria traz um Memorando de Inteligência, produzido em fevereiro de 1980 após a 6º Sessão Especial de Emergência da Assembleia Geral da ONU sobre a invasão do Afeganistão pela URSS, que analisa a posição, tendências e motivações de vários países.